sexta-feira, 21 de setembro de 2012

(Uncisal 2012) A Escola Marxista tem na teoria do conflito um dos seus fundamentos mais importantes em termos sociológicos. Tal teoria, pela óptica marxista, defende que:


a) os conflitos sociais são culturais, sendo expressões do embate entre a tradição e a inovação. 

b) os conflitos nascem das contradições, sendo estas resultantes do acesso desigual aos meios de produção. 

c) as sociedades mais avançadas são aquelas que melhor se adaptaram ao longo do processo histórico, sendo as menos aptas extintas. 

d) os conflitos sociais são observados apenas nas sociedades anteriores à Revolução Industrial. 

e) todas as relações sociais estão desvinculadas da esfera econômica, sendo os conflitos políticos o alicerce da vida em sociedade

Um comentário: